noticias

Provedores de Internet apontam falhas na transmissão da Eletronorte para problemas de internet

Provedores investem em novas redes para atender a clientela

  • 08 de julho de 2014 - 14:02
reuniao-provedores-internet-07-7

Representantes dos provedores e diretores da ACES

Na noite de segunda-feira (07), a Associação Comercial e Empresarial de Santarém (Aces), Sindicato Lojista de Santarém (Sindilojas) e Câmara de Dirigentes Lojista (CDL) reuniram com os provedores de internet da cidade na tentativa de saber qual o real problema para as interrupções do serviço, assim como encontrar alternativas para resolver a situação.

O presidente Alberto Oliveira destacou os prejuízos acumulados devido às falhas de internet, as perdas para o comércio (em torno de 50%), a paralisação da rede bancária e a cobrança feita às entidades pelo setor empresarial para intermediar uma solução para o problema.

Os representantes da WSP, Rodrigo e Elizeldo, informaram que a interrupção no fim de junho foi provocada pela queima de uma placa no equipamento e que as constantes falhas se dá pela insuficiência da única linha da Eletronorte.

Na tentativa de melhorar o serviço, a WSP comprou equipamentos e entregou a Eletronorte para fazer a duplicação de rede através do Linhão de Tucuruí. Esta ação deve ocorrer a partir do dia 22 de julho, é o que afirma Elizeldo Macedo.

“A WSP comprou os equipamentos para fazer a duplicação e será descontado em faturas nossas. Esses equipamentos irão ajudar que as redes 01 e 02 fiquem com 10 gigas, atualmente, apenas a rede 01 tem 10 gigas”.

 Além disso, a empresa pretende comprar internet através de uma parceria com a Tim para melhor atender seus.consumidores.

As entidades irão articular uma reunião com a Prodepa e Eletronorte, em Belém, para avançar nas discussões do transporte do serviço para a região.

Não é de hoje que as entidades lutam e apelam ao Ministério Público, Anatel e Eletronorte uma ação que provoque melhorias na transmissão e no fornecimento de internet na região. Em 2012, as entidades protocolaram uma ação no Ministério Público pedindo a atuação no caso, mas até hoje nenhuma medida mais enérgica foi tomada, além de reuniões.

Comentários

Assessoria de Comunicação

  • Keliane Sousa
    ascom@acestapajos.com.br
    Telefone:
    (93) 99218-3561

Conheça nossas soluções para a sua empresa.

Acessar
Destaques