1. Associação Comercial e Empresarial de Santarém

  2. Consulta
  3. Associe-se
Consulta SCPC
SCPC
Home / Notícias /

Classe Empresarial apresenta sugestão de adequação ao Plano Diretor de Santarém

21 de fevereiro de 2018 - 11:50

Na terça-feira (21/02), em reunião com o prefeito Nélio Aguiar e o vereador Henderson Pinto (DEM), a Associação Comercial e Empresarial de Santarém – Aces, acompanhada do Sirsan e CDL, apresentaram proposta de aperfeiçoamento do Projeto do Plano Diretor (2018-2027), concernente ao Artigo 142, sendo as Áreas Portuárias.

Neste primeiro semestre de 2018 tramitará na Câmara Municipal a minuta/projeto do Plano Diretor, por isso a classe empresarial, que acompanha a revisão do projeto desde o ano passado, vem sugerindo adequações, visando contribuir com o futuro do município para os próximos 50 anos. “Temos acompanhado a elaboração do Plano Diretor, por isso a sugestão de adequações em alguns artigos, que vão garantir a legalidade dos investimentos econômicos para os próximos anos”, afirmou o presidente da Aces, Roberto Branco.

As entidades sugeriram que a redação do Artigo 142, sendo os itens III, V, VII, inclua a instalação de Terminais de Uso Privado (TUP) e Estação de Transbordo de Cargas (ETC), em razão do antigo Plano Diretor autorizar instalações desse porte, porquanto já existem áreas adquiridas com tal desiderato.

A implantação de portos na Zona Portuária II é vital para garantir uma economia futura próspera, pois trará à região não só empregos nos portos, mas a verticalização de produtos agrícolas, além de exportação de produtos industrializados no distrito industrial, bem como escoamento dos provenientes e destinados a Manaus via BR-163.

A proximidade estratégica da ZP-II às rodovias e ao distrito industrial evita o trânsito intenso de caminhões e carretas pelo centro da cidade, pois o acesso a BR-163 se dará pela alça viária que ligará a rodovia Curua-úna, passando confronte ao Distrito Industrial. Ao contrário do que alguns afirmam, a ZP-II está localizada à mancha da zona urbana do município, que por seu turno evitará e protegerá a entrada do lago do Maicá da iminente ocupação desordenada no local, preservando-o de sensíveis danos ambientais.

Durante a reunião o prefeito Nélio Aguiar afirmou que o Plano está em fase de revisão e todas as recomendações apresentadas serão avaliadas.

Tags

Deixe seu comentário

Keliane Sousa
Assessoria de Comunicação

ascom@acestapajos.com.br
Telefone:
(93) 99218-3561