Desde 1945

logo-aces-1991-simbolo

No dia 06 de agosto de 1944, às 9 horas da manhã, no “Cinema Olímpia”, a comissão organizadora presidida pelo empresário Manoel Cardoso Loureiro mostrou aos presentes a necessidade de ser aclamada, imediatamente, uma diretoria provisória capaz de lançar as bases fundamentais para a criação da Associação Comercial de Santarém.

Fundada em 14 de janeiro de 1945, a ACES teve como seu primeiro presidente o Sr. Manoel Cardoso, com o objetivo definido de lutar pelos interesses da classe comercial de Santarém. Em 25 de fevereiro, passou a denominar-se Associação Comercial e Empresarial de Santarém, mudança sugerida por força do Novo Código Civil pela Federação das Associações Comerciais do Pará – FACIAPA, por força do Novo Código Civil. Ao longo desses anos a ACES vem contribuindo com o desenvolvimento sócio-econômico não só de Santarém, mas da região Oeste do Pará, defendendo seus associados com apoio de outras Entidades de Classe, autoridades e a sociedade civil como um todo.

A história da ACES mescla-se com a história de Santarém. Muitas lutas em defesa do município já foram abraçadas e lideradas pela entidade, notadamente o Movimento Contra a Escuridão, que originou a vinda da energia de Tucuruí, a construção do Porto Graneleiro da Cargill S/A, o asfaltamento da BR-163, a construção da PA-370, a criação do Estado do Tapajós e o “Movimento pela Dignidade” que defende formas de melhorias para a economia santarena e regional.

Atualmente a Associação denomina-se Associação Comercial e Empresarial de Santarém – ACES, que engloba de maneira geral todos os segmentos empresariais e atividades que integram o mercado como um todo. Suas ações visam dar encaminhamento às medidas para fortalecer e ampliar a economia, contribuindo para o ambiente de negócios e atraindo novos investimentos para os municípios.

MISSÃO
Contribuir para o desenvolvimento sustentável da região Oeste do Pará.

VISÃO
Tornar-se referência como entidade de classe representativa e organizada no Estado do Pará

NEGÓCIOS
Capacitar, promover, defender e realizar ações em benefício das pessoas e das empresas da região.

VALORES

Ética: honestidade, transparência e colaboração.
Independência: liberdade de ação para defender irrestritamente os interesses da entidade.
Parceria: convênios e trabalhos em conjunto com outras entidades.
Valorização de Pessoas: respeito, capacitação e desenvolvimento.
Ousadia: inovação, tecnologia e pioneirismo.
Tenacidade: persistência, vontade e entu.