Santarém - 12 de dezembro de 2017
Notícias / Investimentos
25 de outubro de 2017 - 18:16

Quatro terminais hidroviários serão construídos na região Oeste do Pará

Municípios contemplados são Almeirim, Prainha, Faro e Terra Santa.

 

 

A Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) homologou o resultado das licitações realizadas para construção de quatro novos terminais hidroviários em municípios da região oeste do Estado. Após os procedimentos foi declarada vencedora a empresa Engeport Engenharia Eireli (EPP), com sede em Belém, para a construção dos terminais nos municípios de Almeirim, Prainha, Faro e Terra Santa. O processo licitatório ocorreu nos dias 16 e 22 de agosto. O resultado foi publicado na edição desta terça-feira (24) nos Diários Oficiais do Estado e da União.

Para a construção desses equipamentos, o Governo do Estado vai investir aproximadamente R$ 15 milhões. O recurso faz parte de um pacote de investimentos capitaneado pela CPH na construção de sete novos terminais no Baixo Amazonas, de acordo com o presidente do órgão, Alexandre Von.

“No total serão investidos pelo Governo do Estado do Pará aproximadamente R$ 80 milhões na construção de sete novos terminais hidroviários na região do Baixo Amazonas. O recurso está garantido por meio de um contrato de financiamento que o Estado realizou com a Caixa Econômica Federal”, ressaltou o presidente.

Melhorias

Com a construção dos novos terminais, o Estado busca melhorar as condições do modal hidroviário para quem utiliza o transporte fluvial na região. Os novos equipamentos também devem impulsionar a economia dos municípios, gerando desenvolvimento, emprego e renda.

Além de Almeirim, Faro, Prainha e Terra Santa, os recursos serão destinados para a construção dos terminais nos municípios de Curuá, Santarém e do distrito portuário de Santana do Tapará, cujas licitações estão em andamento. “Somente o recurso para a construção do terminal de Santarém ultrapassa R$ 63 milhões”, informou Von.

Após a homologação do resultado da licitação e anúncio da empresa vencedora, as próximas etapas serão de assinatura do contrato e expedição das Ordens de Serviço para início das obras.

Deixe seu comentário
COMUNICAÇÃO ACES - Jornalistas Responsáveis
Empresarial